Sobre a Plataforma


Baía de Guanabara: um laboratório vivo para o desenvolvimento sustentável

O projeto Baía Viva tem como foco o desenvolvimento e a implementação de uma plataforma digital operacional para o fornecimento de informações ambientais, sociais e econômicas na região da Baía de Guanabara e seu entorno. As informações diagnósticas e prognósticas geradas são oriundas de diferentes fontes, como: bases de dados históricos, plataformas de coletas de dados e modelos computacionais numéricos.

Além da divulgação de tais informações a plataforma digital também envolve atividades de extensão e de capacitação técnica e acadêmica em diferentes áreas de pesquisa. Tais atividades permitem o contínuo funcionamento, desenvolvimento e otimização da plataforma envolvendo profissionais e alunos de diferentes segmentos educacionais.

A plataforma digital é aberta ao público permitindo, tanto a visualização como a aquisição de informações relevantes para diferentes segmentos da sociedade que utilizem a região da Baía de Guanabara e seu entorno. Dessa forma, pretende-se atender demandas em diferentes setores como: meio ambiente, mobilidade, saúde, lazer, educação e outros buscando alinhamento aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

O projeto tem como base física o Laboratório de Métodos Computacionais em Engenharia (LAMCE), localizado no Parque Tecnológico da UFRJ e conta com a parceria de outros laboratórios e instituições de ensino e pesquisa. Ressalta-se que o projeto representa esforço pioneiro associado às iniciativas regionais do Atlantic International Research Centre (AIR Centre).


Áreas de pesquisa


Aquisição de Dados

Plataformas de coletas de dados remotas e locais serão utilizadas de forma a monitorar em tempo real as condições marinhas e atmosféricas da região da Baía de Guanabara e seu entorno. Tais informações além de serem utilizadas diretamente para estudos que visem compreender a dinâmica ambiental da região também são utilizados para avaliar os prognósticos produzidos pelos modelos numéricos implementados. Além disso, dados de outras naturezas como sociais, econômicos e de saúde serão armazenados, disponibilizados e futuramente utilizados para o monitoramento da região de estudo sobre tais aspectos.

Modelagem Ambiental

Modelos regionais atmosféricos e oceânicos são utilizados de forma a representar temporalmente e espacialmente a dinâmica marinha e atmosférica da região da Baía de Guanabara. Os modelos são executados de forma operacional assegurando prognósticos de até 48 horas para condições de correntes marinhas superficiais, elevação do nível do oceano, ondas, ventos, precipitação e outras varáveis para a região de interesse. Pretende-se a partir da aplicação de técnicas de ciências de dados utilizar os resultados numéricos gerados e os dados observados adquiridos para identificação de padrões e o consequente desenvolvimento de índices de previsão.

Capacitação e Educação

A plataforma observacional proposta será desenvolvida e aprimorada a partir da interação entre profissionais de diferentes áreas da ciência e alunos de diferentes níveis educacionais. Tal interação será realizada a partir do desenvolvimento de monografias, dissertações e teses que potencialmente utilizem da plataforma para a produção de conhecimento investindo na capacitação técnica e científica de pesquisadores. Além disso, atividades de extensão envolvendo alunos do segmento escolar serão planejadas com intuito de promover a cultura científica a partir do conhecimento da Baia de Guanabara.

Parceiros


Contato


+55 21 3938-0224
contato@baiaviva.livinglab-rio.parque.ufrj.br
Parque de Tecnologia do Rio de Janeiro
Rua Sydiney Martins Gomes dos Santos, 179
Cidade Universitária
Rio de Janeiro - RJ
21941-859